Como é trabalhar remotamente para empresas dos EUA?

Equipe Trio Carreiras

5 min read

Se você sente vontade de trabalhar no exterior, mas ainda não se sente preparado para morar em outro país — emocionalmente e financeiramente falando — saiba que é possível fazer isso de maneira remota. Existem diversos sites para trabalhar home office com vagas para o exterior e uma delas pode ser sua.

Inclusive, nesse formato, você pode prestar serviço não apenas para uma empresa, mas para várias e pode receber em dólar, uma moeda que está sempre em alta.

Existem vantagens como horários flexíveis, não pegar transporte, entre outros. Mas há também alguns requisitos necessários para conseguir uma vaga como essa.

Se interessou? Então, continue lendo e saiba como conseguir uma vaga home office no exterior sem ter que mudar de país!

<<< Confira as vagas remotas para desenvolvedores da Trio! >>>

Quais as vantagens em trabalhar remotamente para empresas dos EUA?

As vantagens em se trabalhar numa empresa nos Estados Unidos vão muito além do prestígio em atuar internacionalmente.

Sem dúvida alguma, ter no currículo uma experiência como essa consegue abrir muitas portas e há ainda outros bons motivos para você se candidatar em sites para trabalhar home office no exterior:

  • menos tempo gasto com deslocamento, lembrando que há pessoas que levam duas horas para ir e mais duas para voltar do trabalho;
  • flexibilidade de horário;
  • você passa a receber com uma moeda de maior valor;
  • pode viajar enquanto trabalha, pois pode levar o seu equipamento para onde quiser.

Além disso, cada empresa faz sua própria política. Por exemplo, você pode encontrar uma que ofereça férias ilimitadas desde que combinadas previamente com o chefe.

E, acreditamos que, a maior vantagem aqui é não precisar de passaporte e o visto. É uma das maiores dificuldades que as pessoas enfrentam quando querem morar fora e trabalhar no exterior. Trabalhar de forma remota não exige esse documento.

Quais as desvantagens em trabalhar remotamente para empresas nos EUA?

As principais desvantagens que podem estar relacionadas aqui é quanto à burocracia. Alguns pré-requisitos precisam ser cumpridos para que você possa começar a trabalhar na área de TI no exterior. Vejamos quais são elas:

  • você vai precisar de um CNPJ;
  • precisará fazer operação de câmbio e pagará algumas taxas;
  • precisará gerar o Invoice (um tipo de fatura);
  • será necessário emitir uma nota fiscal para o Brasil também;
  • pagará impostos (mas isso independe se você trabalhará aqui ou no exterior).

Parece muita coisa de início, mas você verá que, com o tempo, emitir esses documentos será tão comum e rotineiro que fará isso em pouquíssimo tempo.

Outro ponto que pode ser uma desvantagem é o idioma.

Muitas vagas podem exigir inglês fluente, ter o mínimo desejável para exercer apenas as funções e se comunicar com os colegas de trabalho é essencial.

Porém, com o tempo, isso vai se ajustando e algumas empresas oferecem cursos de inglês para quem precisa. 

A maioria das vagas são para quem já tem alguma experiência no setor, não precisa ter experiência no exterior, apenas na função que pretende ocupar.

As empresas precisam de profissionais devidamente qualificados, mas há vagas também para os iniciantes.

É possível viajar enquanto trabalha remotamente?

Totalmente possível, ainda que você trabalhe com horários fixos, é possível trabalhar de forma remota e viajar para qualquer lugar do país ou do mundo.

Você só precisa levar o seu notebook e se certificar que, para onde você vai, tenha internet, aliás, uma boa internet.

É claro que, para isso, é necessário também ter muita organização para não atrasar os prazos com as demandas e, para quem trabalha de maneira formal e não como um freelancer, por exemplo, pode ser necessário informar à empresa.

Por conta de horários de voos e de demais meios de transporte, pode ser que você não consiga trabalhar nos horários acertados. Porém, muitas delas costumam ser bem flexíveis quanto a isso e você não terá maiores problemas.

Ah! E é bom ficar sempre atento aos horários das reuniões.

A depender do fuso no qual você esteja, precisa saber exatamente qual hora tem que estar na frente da tela com os colegas.

Quais os requisitos para trabalhar online para empresas nos EUA?

Inglês fluente

Esse é, sem dúvida alguma, um dos principais requisitos já que, provavelmente, a maioria dos seus colegas de trabalho devem falar inglês e tudo o que você vai utilizar de ferramenta, como software, também deve ser em inglês.

Leia também: Qual o nível de inglês necessário para trabalhar remotamente para empresas dos EUA?

Experiência

Como já dissemos aqui, é preciso ter o mínimo de conhecimento técnico no assunto. E conseguir essa experiência não é difícil considerando que, só no Brasil, há um déficit de 250 mil profissionais.

Ou seja, tem muito mercado para ser explorado e assim, você será capaz de conseguir a experiência necessária para trabalhar de maneira remota no exterior e encontrar vagas em sites para trabalhar home office.

Flexibilidade de tempo

O fuso horário pode ser um problema para algumas pessoas, mas nada que o hábito não resolva. Além disso, os horários de trabalho das empresas podem ser diversos.

Você pode ser chamado para uma reunião às 6 da manhã, por exemplo, mas no final, vai valer a pena.

Autogerenciamento

Trabalhar de forma remota é não ter um chefe ou um ponto que te cobre os horários de entrada e saída e muito menos que fique do seu lado te cobrando o que deve ser feito. Você terá que fazer tudo isso sozinho e se organizar bastante.

Para isso, há diversas ferramentas como agendas (físicas ou digitais), Trello, Evernote e muito mais!

Documentação

Como já mencionamos aqui, ter a documentação necessária é essencial para trabalhar remotamente para empresas dos EUA. 

Emitir Invoice, nota fiscal para o Brasil e ter uma conta PJ (aqui temos uma parceria com a empresa de contabilidade Fica Tranquilo pra te ajudar) é fundamental para receber os seus valores sem grandes problemas.

É preciso, principalmente, ficar atento aos impostos e taxas que precisam ser pagos e ler com atenção sobre a legislação trabalhista do país.

Entender os seus direitos e deveres é essencial para que tudo fique bem.

Como gerar o Invoice do trabalho no Brasil?

A própria empresa pode te sugerir um modelo de documento, mas na internet você achará alguns prontos, Inclusive, em plataformas já bastante conhecidas. Aqui na Trio temos um modelo pronto para facilitar a sua vida. 

Depois disso, basta preencher os dados do seu cliente e enviar o documento. Tudo simples, rápido e prático.

Ele deve ser feito logo após a prestação do serviço e o pagamento. É como um tipo de comprovante de que a transação foi realizada corretamente.

Para gerar o Invoice, você precisará dos seguintes dados:

  • empresa: razão social ou nome completo;
  • endereço completo;
  • resumo dos serviços prestados ou do produto;
  • valor dos serviços prestados;
  • método de pagamento;
  • resumo dos serviços prestados;
  • moeda de pagamento.

Podem ser necessários outros, mas esses são os mais essenciais.

É melhor receber o pagamento em dólar ou em real?

Isso vai depender muito do tipo de plataforma que você utiliza para receber os valores. Há fintechs que cobram taxas maiores para fazer a conversão e outras, que cobram taxas menores.

Antes de abrir a sua conta em uma delas, você precisa ficar de olho nessas informações e saber o que costuma ser levado em consideração para fazer o cálculo.

Por exemplo, IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), se tem incidência ou não no Imposto de Renda, taxa de câmbio, taxa de recebimento, taxa Swift e outras.

Faça uma pesquisa minuciosa e, se possível, crie um quadro comparativo. Há também a opção de receber por meio de bancos já conhecidos como Banco do Brasil, Caixa e outros.

Quais impostos incidem sobre o trabalho remoto no exterior?

Trabalhar para uma empresa do exterior morando no Brasil é praticamente a mesma coisa de trabalhar para uma empresa brasileira quando o assunto é impostos.

Você terá que emitir uma nota fiscal da mesma forma, apenas terá que sinalizar que a empresa não fica no país. Qualquer sistema de prefeitura deve ter essa opção.

Além disso, você só precisará pagar as taxas já mencionadas que têm muito mais a ver com o câmbio e com as plataformas que você vai utilizar para fazer essa transação.

Há diversos sites para trabalhar home office e você vai achar vários na internet.

Só certifique-se de que é seguro e que você realmente vai receber o dinheiro pelo seu serviço. É preciso ter o máximo de cuidado e ter a certeza de que a empresa por trás tem credibilidade.

Perguntas frequentes

Quais as vantagens em trabalhar remotamente para empresas dos EUA?

As vantagens em se trabalhar numa empresa nos Estados Unidos vão muito além do prestígio em atuar internacionalmente.

Sem dúvida alguma, ter no currículo uma experiência como essa consegue abrir muitas portas.

É possível viajar enquanto trabalha remotamente?

Totalmente possível, ainda que você trabalhe com horários fixos, é possível trabalhar de forma remota e viajar para qualquer lugar do país ou do mundo.

Quais os requisitos para trabalhar online para empresas nos EUA?

Inglês fluente, experiência profissional, flexibilidade de tempo, autogerenciamento e documentação em dia.

É melhor receber o pagamento em dólar ou em real?

Isso vai depender muito do tipo de plataforma que você utiliza para receber os valores. Há fintechs que cobram taxas maiores para fazer a conversão e outras, que cobram taxas menores.

Quais impostos incidem sobre o trabalho remoto no exterior?

Trabalhar para uma empresa do exterior morando no Brasil é praticamente a mesma coisa de trabalhar para uma empresa brasileira quando o assunto é impostos.

Você terá que emitir uma nota fiscal da mesma forma, apenas terá que sinalizar que a empresa não fica no país. 

Além disso, você só precisará pagar as taxas já mencionadas que têm muito mais a ver com o câmbio.